sábado, 29 de maio de 2010

Não quero encontrar a paz,
e sim meu rock and roll

Estava organizando minhas coisas... e achei isso:

"Versos vomitados de uma mente à toda após os inspiradores papos em mesa de bar

Eu quero é viver de rock and roll
Lavar a alma em cada show
Distorcer desejos
Berrar meus anseios
E dilacerar as entranhas de todo amor

Eu quero morrer no rock and roll
Pulsando mil vezes mais que um astro jamais pulsou
Microfonar angústias
Improvisar renúncias
E repartir com desconhecidos toda a dor

O rock me manterá jovem, sonhador
E vai me livrar do peso que a sociedade me impor

O rock virá, como nosso senhor
Sempre me lembrar da vida curta e seu valor

Não quero encontrar a paz, e sim meu rock and roll
Expirar meus pecados num amplificador
Beber em seus seios
Adormecer em devaneios
E sonhar eventos de glorioso torpor

O rock me manterá jovem, sonhador
E vai me livrar de imitar o que vejo ao redor

O rock virá, como nosso senhor
Vai me colocar no devido lugar... onde nasci para estar"




Abraços em Outra Frequência
Caio Bars

3 comentários:

Tati Chiba disse...

Gostei. =)

Súh Floyd disse...

Massa (*_*)

Súh ♥ disse...

oi passa no meu blog tem selinho pra vc!!!
bjs.